ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, janeiro 31, 2018

Com blusa levantada e de calcinha, jovem é encontrada morta dentro de casa




Vanessa Tito Ramos, de 21 anos, foi encontrada morta em seu quarto, na manhã desta quarta-feira (31), no bairro Três Barras, em Cuiabá. O crime aconteceu por volta das 10h30. A suspeita é que o namorado, M.J. da S.D., de 30 anos, esteja envolvido no caso.

Segundo informações que chegaram aos policiais, ele teria ligado para a mãe da jovem, avisando sobre a morte. Logo depois, fugiu do local. A família disse que, segundo o acusado, Vanessa teria tomado vários remédios, como se quisesse se matar. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, fez atendimento a vítima e descartou a hipótese de um suicídio.

Segundo a polícia, o corpo apresentava lesões no rosto, um corte de faca no supercílio e outro corte superficial no queixo. A vítima estava com a blusa levantada, seios amostra e só de calcinha. Vizinhos confirmaram que o namorado saiu da casa da jovem, após o ocorrido, sozinho. Por ter sido o último a ter contato com a vítima, ele está sendo procurado pela PM, para dar mais informações sobre o que aconteceu.

O suspeito tem quatro passagens, sendo três por violência doméstica, com vítimas diferentes, mas nenhuma contra a jovem morta. A primeira foi registrada em 2009, por lesão corporal, com procedimento realizado pela Delegacia da Mulher de Cuiabá, tendo sido condenado nesse processo e, posteriormente, beneficiado com uso de tornozeleira. Em 2011 respondeu procedimento na 2ª Delegacia de Polícia do Carumbé, por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, Lei 10826/03.

A terceira incidência criminal tramitou pela Delegacia Especializada dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), no crime de lesão corporal e injúria contra uma menor de idade. A quarta passagem também está inserida na violência doméstica, no crime de lesão corporal. A autuação ocorreu no dia 5 de outubro de 2017, em inquérito na Delegacia da Mulher de Cuiabá.


Nenhum comentário:

Postar um comentário